Funções estatísticas - Parte 5

DISTORCAOP

Calcula a distorção de uma distribuição usando a população de uma variável aleatória.

tip

Esta função está disponível desde o LibreOffice 4.1.


Sintaxe

DISTORÇÃOP(Número 1[; Número 2 [; … [; Número 255]]])

Número 1; Número 2; … ;Número 255 são números, referências a células ou intervalos contendo números.

Os parâmetros devem especificar pelo menos três valores.

note

Esta função é parte integrante da norma Open Document Format for Office Applications (OpenDocument), versão 1.2 (ISO/IEC 26300:2-2015).


note

Esta função ignora qualquer texto ou célula vazia num intervalo de dados. Se suspeitar de resultados errados desta função, procure por texto nos intervalos de dados. Para destacar o conteúdo do texto em um intervalo de dados, use o recurso destaque de valor .


Exemplos

DISTORÇÃOP(2;3;1;6;8;5) retorna 0,2329985562

DISTORÇÃOP(A1:A6) retorna 0,2329985562, quando o intervalo A1:A6 contém {2;3;1;6;8;5}

DESVPAD

Estima o desvio padrão com base em uma amostra.

Sintaxe

DESVPAD(Número 1[; Número 2 [; … [; Número 255]]])

Número 1; Número 2; … ;Número 255 são números, referências a células ou intervalos contendo números.

Os parâmetros devem especificar pelo menos dois valores.

note

Esta função ignora qualquer texto ou célula vazia num intervalo de dados. Se suspeitar de resultados errados desta função, procure por texto nos intervalos de dados. Para destacar o conteúdo do texto em um intervalo de dados, use o recurso destaque de valor .


Exemplo

=DESVPAD(A1:A50) retorna o desvio padrão estimado com base nos dados referenciados.

DESVPAD.P

Calcula o desvio padrão com base na população inteira.

Sintaxe

DESVPAD.P(Número 1[; Número 2 [; … [; Número 255]]])

Número 1; Número 2; … ;Número 255 são números, referências a células ou intervalos contendo números.

Exemplo

=DESVPAD.P(A1:A50) retorna o desvio padrão para os dados referenciados.

Informação técnica

tip

Esta função está disponível desde o LibreOffice 4.2.


Esta função não faz parte do padrão Open Document Format for Office Applications (OpenDocument) Versão 1.3. Parte 4: Formato de Fórmula Recalculada (OpenFormula). O espaço de nomes é

COM.MICROSOFT.STDEV.P

DESVPAD.S

Calcula o desvio padrão com base numa amostra da população.

Sintaxe

DESVPAD.S(Número 1[; Número 2 [; … [; Número 255]]])

Número 1; Número 2; … ;Número 255 são números, referências a células ou intervalos contendo números.

Os parâmetros devem especificar pelo menos dois valores.

Exemplo

=DESVPAD.S(A1:A50) retorna o desvio padrão para os dados referenciados.

Informação técnica

tip

Esta função está disponível desde o LibreOffice 4.2.


Esta função não faz parte do padrão Open Document Format for Office Applications (OpenDocument) Versão 1.3. Parte 4: Formato de Fórmula Recalculada (OpenFormula). O espaço de nomes é

COM.MICROSOFT.STDEV.S

DESVPADA

Calcula o desvio padrão de uma estimativa com base em uma amostra.

Sintaxe

DESVPADA(Número 1[; Número 2 [; … [; Número 255]]])

Número 1; Número 2; … ;Número 255 são números, referências a células ou intervalos contendo números.

Os parâmetros devem especificar pelo menos dois valores. Textos tem valor 0.

Exemplo

=DESVPADA(A1:A50) retorna o desvio padrão estimado com base nos dados referenciados.

DESVPADP

Calcula o desvio padrão com base na população inteira.

Sintaxe

DESVPADP(Número 1[; Número 2 [; … [; Número 255]]])

Número 1; Número 2; … ;Número 255 são números, referências a células ou intervalos contendo números.

note

Esta função ignora qualquer texto ou célula vazia num intervalo de dados. Se suspeitar de resultados errados desta função, procure por texto nos intervalos de dados. Para destacar o conteúdo do texto em um intervalo de dados, use o recurso destaque de valor .


Exemplo

=DESVPADP(A1:A50) retorna o desvio padrão para os dados referenciados.

DESVPADPA

Calcula o desvio padrão com base na população inteira.

Sintaxe

DESVPADPA(Número 1[; Número 2 [; … [; Número 255]]])

Número 1; Número 2; … ;Número 255 são números, referências a células ou intervalos contendo números.

Texto tem valor 0.

Exemplo

=DESVPADPA(A1:A50) retorna o desvio padrão para os dados referenciados.

DESVQ

Retorna a soma dos quadrados dos desvios com base em uma média da amostra.

Sintaxe

DESVQ(Número 1[; Número 2 [; … [; Número 255]]])

Número 1; Número 2; … ;Número 255 são números, referências a células ou intervalos contendo números.

note

Esta função ignora qualquer texto ou célula vazia num intervalo de dados. Se suspeitar de resultados errados desta função, procure por texto nos intervalos de dados. Para destacar o conteúdo do texto em um intervalo de dados, use o recurso destaque de valor .


Exemplo

=DEVSQ(A1:A50)

DIST.NORMP

Retorna a função de distribuição acumulada normal padrão. A distribuição tem uma média de zero e um desvio padrão de um.

GAUSS(x)=DIST.NORM(x)-0.5

Sintaxe

DIST.NORMP(Número)

Número é o valor para o qual a distribuição acumulada normal padrão é calculada.

Exemplo

=DIST.NORMP(1) retorna 0,84. A área abaixo da curva da distribuição normal padrão à esquerda do valor de X = 1 é 84% da área total.

DIST.NORMP.N

Retorna a função de distribuição acumulada normal padrão. A distribuição tem uma média de zero e um desvio padrão de um.

Sintaxe

DIST.NORMP.N(Número; Acumulada)

Número é o valor para o qual a distribuição acumulada normal padrão é calculada.

Acumulada 0 ou FALSO calcula a função densidade de probabilidade. Qualquer outro valor ou VERDADEIRO calcula a função distribuição acumulada.

Exemplo

=DIST.NORMP.N(1;0) retorna 0,2419707245.

=DIST.NORMP.N(1;1) retorna 0,8413447461. A área abaixo da curva da distribuição normal padrão à esquerda do valor de X = 1 é 84% da área total.

Informação técnica

tip

Esta função está disponível desde o LibreOffice 4.3.


Esta função não faz parte do padrão Open Document Format for Office Applications (OpenDocument) Versão 1.3. Parte 4: Formato de Fórmula Recalculada (OpenFormula). O espaço de nomes é

COM.MICROSOFT.NORM.S.DIST

DIST.T

Retorna a distribuição t.

Sintaxe

DIST.T(Número; GrausLiberdade; Acumulada)

Número é o valor para o qual a distribuição t será calculada.

GrausLiberdade é o número de graus de liberdade para a distribuição t.

Acumulada = 0 ou FALSO calcula a função densidade de probabilidade. 1 ou VERDADEIRO, calcula a função distribuição acumulada.

Exemplo

=DIST.T(1; 10; VERDADEIRO) retorna 0,8295534338

Informação técnica

tip

Esta função está disponível desde o LibreOffice 4.3.


Esta função não faz parte do padrão Open Document Format for Office Applications (OpenDocument) Versão 1.3. Parte 4: Formato de Fórmula Recalculada (OpenFormula). O espaço de nomes é

COM.MICROSOFT.T.DIST

DIST.T.BC

Calcula a distribuição t de Student bicaudal, que é uma distribuição de probabilidade contínua frequentemente utilizada para testar hipóteses em pequenos conjunto de dados amostrais.

Sintaxe

DIST.T.BC(Número; GrausLiberdade)

Número é o valor para o qual a distribuição t será calculada.

GrausLiberdade é o número de graus de liberdade para a distribuição t.

Exemplo

=DIST.T.BC(1; 10) retorna 0,3408931323.

Informação técnica

tip

Esta função está disponível desde o LibreOffice 4.3.


Esta função não faz parte do padrão Open Document Format for Office Applications (OpenDocument) Versão 1.3. Parte 4: Formato de Fórmula Recalculada (OpenFormula). O espaço de nomes é

COM.MICROSOFT.T.DIST.2T

DIST.T.CD

Calcula a distribuição t de Student cauda direita, que é uma distribuição de probabilidade contínua frequentemente utilizada para testar hipóteses em pequenos conjunto de dados amostrais.

Sintaxe

DIST.T.CD(Número; GrausLiberdade)

Número é o valor para o qual a distribuição t será calculada.

GrausLiberdade é o número de graus de liberdade para a distribuição t.

Exemplo

=DIST.T.CD(1; 10) retorna 0,1704465662.

Informação técnica

tip

Esta função está disponível desde o LibreOffice 4.3.


Esta função não faz parte do padrão Open Document Format for Office Applications (OpenDocument) Versão 1.3. Parte 4: Formato de Fórmula Recalculada (OpenFormula). O espaço de nomes é

COM.MICROSOFT.T.DIST.RT

DIST.WEIBULL

Retorna os valores da distribuição Weibull.

A distribuição de Weibull é uma distribuição de probabilidade contínua, com parâmetros Alfa >0 (forma) e Beta >0 (escala).

Se C for 0, DIST.WEIBULL calcula a função densidade de probabilidade.

Se C for 1, DIST.WEIBULL calcula a função distribuição acumulada.

Sintaxe

DIST.WEIBULL(Número; Alfa; Beta; C)

Número é o valor para calcular a distribuição de Weibull.

Alfa é o parâmetro de forma da distribuição de Weibull.

Beta é o parâmetro Beta da distribuição de Weibull.

C indica o tipo de função.

Exemplo

=DIST.WEIBULL(2;1;1;1) retorna 0,8646647168.

Informação técnica

tip

Esta função está disponível desde o LibreOffice 4.2.


Veja também a página Wiki.

Esta função não faz parte do padrão Open Document Format for Office Applications (OpenDocument) Versão 1.3. Parte 4: Formato de Fórmula Recalculada (OpenFormula). O espaço de nomes é

COM.MICROSOFT.WEIBULL.DIST

DISTORÇÃO

Retorna a distorção de uma distribuição.

Sintaxe

DISTORÇÃO(Número 1[; Número 2 [; … [; Número 255]]])

Número 1; Número 2; … ;Número 255 são números, referências a células ou intervalos contendo números.

Os parâmetros devem especificar pelo menos três valores.

note

Esta função ignora qualquer texto ou célula vazia num intervalo de dados. Se suspeitar de resultados errados desta função, procure por texto nos intervalos de dados. Para destacar o conteúdo do texto em um intervalo de dados, use o recurso destaque de valor .


Exemplo

=DISTORÇÃO(A1:A50) calcula o valor da distorção para os dados referenciados.

DISTT

Retorna a distribuição t.

Sintaxe

DISTT(Número; GrausLiberdade; Modo)

Número é o valor para o qual a distribuição t será calculada.

GrausLiberdade é o número de graus de liberdade para a distribuição t.

Modo = 1 retornará o teste unicaudal, Modo = 2 retornará o teste bicaudal.

Exemplo

=DISTT(12;5;1)

EPADYX

Retorna o erro padrão do valor y previsto para todos os valores x da regressão.

Sintaxe

EPADYX(DadosY; DadosX)

DadosY é a matriz de dados Y.

DadosX é a matriz de dados X.

Exemplo

=EPADXY(A1:A50;B1:B50)

INCLINAÇÃO

Retorna a inclinação da linha da regressão linear. A inclinação é adaptada aos pontos de dados definidos nos valores y e x.

Sintaxe

INCLINAÇÃO(DadosY; DadosX)

DadosY é a matriz de dados Y.

DadosX é a matriz de dados X.

Exemplo

=INCLINAÇÃO(A1:A50;B1:B50)

INV.NORMP

Retorna o inverso da distribuição acumulada normal padrão.

Sintaxe

INV.NORMP(Número)

Número é a probabilidade para o qual a distribuição normal padrão inversa será calculada.

Exemplo

=INV.NORMP(0,908789) retorna 1,3333.

INV.NORMP.N

Retorna o inverso da distribuição acumulada normal padrão.

Sintaxe

INV.NORMP.N(Número)

Número é a probabilidade para o qual a distribuição normal padrão inversa será calculada.

Exemplo

=INV.NORMP.N(0,908789) retorna 1,333334673.

Informação técnica

tip

Esta função está disponível desde o LibreOffice 4.3.


Esta função não faz parte do padrão Open Document Format for Office Applications (OpenDocument) Versão 1.3. Parte 4: Formato de Fórmula Recalculada (OpenFormula). O espaço de nomes é

COM.MICROSOFT.NORM.S.INV

INV.T

Retorna o inverso unicaudal da distribuição t.

Sintaxe

INV.T(Número; GrausLiberdade)

Número é a probabilidade associada à distribuição t unicaudal.

GrausLiberdade é o número de graus de liberdade para a distribuição t.

Exemplo

=INV.T(0,1;6) retorna -1.4397557473.

Informação técnica

tip

Esta função está disponível desde o LibreOffice 4.3.


Esta função não faz parte do padrão Open Document Format for Office Applications (OpenDocument) Versão 1.3. Parte 4: Formato de Fórmula Recalculada (OpenFormula). O espaço de nomes é

COM.MICROSOFT.T.INV

INV.T.BC

Calcula a inversa da distribuição t de Student bicaudal, que é uma distribuição de probabilidade contínua frequentemente utilizada para testar hipóteses em pequenos conjunto de dados amostrais.

Sintaxe

INV.T.BC(Número; GrausLiberdade)

Número é a probabilidade associada à distribuição t bicaudal.

GrausLiberdade é o número de graus de liberdade para a distribuição t.

Exemplo

=INV.T.BC(0,25; 10) retorna 1,221255395.

Informação técnica

tip

Esta função está disponível desde o LibreOffice 4.3.


Esta função não faz parte do padrão Open Document Format for Office Applications (OpenDocument) Versão 1.3. Parte 4: Formato de Fórmula Recalculada (OpenFormula). O espaço de nomes é

COM.MICROSOFT.T.INV.2T

INVT

Retorna o inverso da distribuição t.

Sintaxe

INVT(Número; GrausLiberdade)

Número é a probabilidade associada à distribuição t bicaudal.

GrausLiberdade é o número de graus de liberdade para a distribuição t.

Exemplo

=INVT(0,1;6) retorna 1,94

ORDEM

Retorna a ordem de um número em uma amostra.

Sintaxe

ORDEM(Valor; Dados [; Tipo])

Valor é o valor cuja ordem deverá ser determinada.

Dados é a matriz ou o intervalo de dados na amostra.

Tipo (opcional) é a ordem da sequência.

Tipo = 0 significa decrescente do último item da matriz para o primeiro (este é o padrão),

Tipo = 1 significa crescente do primeiro item do intervalo para o último.

note

Esta função ignora qualquer texto ou célula vazia num intervalo de dados. Se suspeitar de resultados errados desta função, procure por texto nos intervalos de dados. Para destacar o conteúdo do texto em um intervalo de dados, use o recurso destaque de valor .


Exemplo

=ORDEM(A10;A1:A50) retorna a ordem do valor em A10 no intervalo de valores A1:A50. Se Valor não existir no intervalo, uma mensagem de erro será exibida.

ORDEM.EQ

Retorna a ordem estatística de um dado valor, dentro de uma matriz de dados fornecida. Se houver valores duplicados na lista, a mesma ordem será atribuída a eles.

note

A diferença entre ORDEM.MÉD e ORDEM.EQ ocorre quando há dados duplicados na lista de valores. A função ORDEM.EQ retorna a menor ordem, enquanto que a função ORDEM.MÉD retorna a ordem média.


Sintaxe

ORDEM.EQ(Valor; Dados [; Tipo])

Valor é o valor cuja ordem deverá ser determinada.

Dados é a matriz ou o intervalo de dados na amostra.

Tipo (opcional) é a ordem da sequência.

Tipo = 0 significa decrescente do último item da matriz para o primeiro (este é o padrão),

Tipo = 1 significa crescente do primeiro item do intervalo para o último.

Exemplo

=ORDEM.EQ(A10;A1:A50) retorna a ordem do valor em A10 no intervalo de valores A1:A50. Se Valor não existir no intervalo, uma mensagem de erro será exibida.

Informação técnica

tip

Esta função está disponível desde o LibreOffice 4.3.


Esta função não faz parte do padrão Open Document Format for Office Applications (OpenDocument) Versão 1.3. Parte 4: Formato de Fórmula Recalculada (OpenFormula). O espaço de nomes é

COM.MICROSOFT.RANK.EQ

ORDEM.MÉD

Retorna a ordem estatística de um dado valor, dentro de uma matriz de dados fornecida. Se houver valores duplicados na lista, a ordem média será retornada.

note

A diferença entre ORDEM.MÉD e ORDEM.EQ ocorre quando há dados duplicados na lista de valores. A função ORDEM.EQ retorna a menor ordem, enquanto que a função ORDEM.MÉD retorna a ordem média.


Sintaxe

ORDEM.MÉD(Valor; Dados [; Tipo])

Valor é o valor cuja ordem deverá ser determinada.

Dados é a matriz ou o intervalo de dados na amostra.

Tipo (opcional) é a ordem da sequência.

Tipo = 0 significa decrescente do último item da matriz para o primeiro (este é o padrão),

Tipo = 1 significa crescente do primeiro item do intervalo para o último.

Exemplo

=ORDEM.MÉD(A10;A1:A50) retorna a ordem do valor em A10 no intervalo de valores A1:A50. Se Valor não existir no intervalo, uma mensagem de erro será exibida.

Informação técnica

tip

Esta função está disponível desde o LibreOffice 4.3.


Esta função não faz parte do padrão Open Document Format for Office Applications (OpenDocument) Versão 1.3. Parte 4: Formato de Fórmula Recalculada (OpenFormula). O espaço de nomes é

COM.MICROSOFT.RANK.AVG

PADRONIZAR

Converte uma variável aleatória em um valor normalizado.

Sintaxe

PADRONIZAR(Número; Média; DesvPad)

Número é o valor que deverá ser padronizado.

Média é a média aritmética da distribuição.

DesvPad é o desvio padrão da distribuição.

Exemplo

=PADRONIZAR(11;10;1) retorna 1. O valor 11 em uma distribuição normal com uma média de 10 e desvio padrão de 1 é tão acima da média quanto o valor 1 está acima da média de uma distribuição normal.

PERMUTAR

Retorna o número de permutações para um determinado número de objetos.

Sintaxe

PERMUTAR(Cont1; Cont2)

Cont1 é o número total de objetos.

Cont2 é o número de objetos em cada permutação.

Exemplo

=PERMUTAR(6;3) retorna 120. Há 120 diferentes possibilidades de selecionar uma sequência de 3 cartas de baralho numa mão de 6 cartas.

PERMUTAÇÃOA

Retorna o número de permutações para um número de objetos determinado (repetição permitida).

Sintaxe

PERMUTAÇÃOA(Cont1; Cont2)

Cont1 é o número total de objetos.

Cont2 é o número de objetos em cada permutação.

Exemplo

Qual é a frequência com que 2 objetos podem ser selecionados a partir de um total de 11 objetos?

=PERMUTAÇÃOA(11;2) retorna 121.

=PERMUTAÇÃOA(6;3) retorna 216. Há 216 diferentes possibilidades de colocar uma sequência de 3 cartas de baralho juntas de uma mão de 6 cartas quando cada carta for retornada à mão antes da próxima ser tirada.

PREVISAO

Extrapola valores futuros com base em valores x e y existentes.

Sintaxe

PREVISAO(Valor; DadosY; DadosX)

Valor é o valor x para o qual quer-se o valor y obtido da regressão linear.

DadosY é uma matriz ou intervalo de pontos y conhecidos.

DadosX é uma matriz ou intervalo de pontos x conhecidos.

Exemplo

=PREVISAO(50;A1:A50;B1;B50) retorna o valor Y esperado para o valor de X igual a 50, caso X e Y nas referências forem vinculados por uma tendência linear.

PREVISAO.LINEAR

Extrapola valores futuros com base em valores x e y existentes.

Sintaxe

PREVISÃO.LINEAR(Valor; DadosY; DadosX)

Valor é o valor x para o qual quer-se o valor y obtido da regressão linear.

DadosY é uma matriz ou intervalo de pontos y conhecidos.

DadosX é uma matriz ou intervalo de pontos x conhecidos.

Exemplo

=PREVISAO.LINEAR(50;A1:A50;B1;B50) retorna o valor Y esperado para o valor de X igual a 50, caso X e Y nas referências forem vinculados por uma tendência linear.

Informação técnica

Esta função não faz parte do padrão Open Document Format for Office Applications (OpenDocument) Versão 1.3. Parte 4: Formato de Fórmula Recalculada (OpenFormula). O espaço de nomes é

COM.MICROSOFT.FORECAST.LINEAR

PROB

Retorna a probabilidade de que valores em um intervalo estão entre dois limites. Se não houver um valor de Fim, essa função calcula a probabilidade baseada no princípio de que os valores em Dados são iguais ao valor de Início.

Sintaxe

PROB(Dados; Probabilidade; Início [; Fim])

Dados é a matriz ou o intervalo de dados na amostra.

Probabilidade representa a matriz ou o intervalo das probabilidades correspondentes.

Início é o início do intervalo de valores cujas probabilidades deverão ser somadas.

Fim (opcional) é o final do intervalo de valores cujas probabilidades deverão ser somadas. Se este parâmetro estiver ausente, será calculada a probabilidade para o valor de Início.

Exemplo

=PROB(A1:A50;B1:B50;50;60) retorna a probabilidade com que um valor no intervalo A1:A50 está também entre os limites 50 e 60. Cada valor no intervalo A1:A50 tem uma probabilidade dentro do intervalo B1:B50.

TESTE.T

Retorna a probabilidade associada ao Teste t de Student.

Sintaxe

TESTE.T(Dados1; Dados2; Modo; Tipo)

Dados1 é a matriz ou intervalo de dados dependente para o primeiro registro.

Dados2 é a matriz ou intervalo de dados dependentes para o segundo registro.

Modo = 1 calculará o teste unicaudal; Modo = 2 calculará o teste bicaudal.

Tipo é o tipo de teste t que será realizado. O Tipo 1 significa pareado. O Tipo 2 significa duas amostras de variância igual (homoscedástico). O Tipo 3 significa duas amostras de variância diferente (heteroscedástico).

Exemplo

=TESTE.T(A1:A50;B1:B50;2;2)

Informação técnica

tip

Esta função está disponível desde o LibreOffice 4.3.


Esta função não faz parte do padrão Open Document Format for Office Applications (OpenDocument) Versão 1.3. Parte 4: Formato de Fórmula Recalculada (OpenFormula). O espaço de nomes é

COM.MICROSOFT.T.TEST

TESTET

Retorna a probabilidade associada ao Teste t de Student.

Sintaxe

TESTET(Dados1; Dados2; Modo; Tipo)

Dados1 é a matriz ou intervalo de dados dependente para o primeiro registro.

Dados2 é a matriz ou intervalo de dados dependentes para o segundo registro.

Modo = 1 calculará o teste unicaudal; Modo = 2 calculará o teste bicaudal.

Tipo é o tipo de teste t que será realizado. O Tipo 1 significa pareado. O Tipo 2 significa duas amostras de variância igual (homoscedástico). O Tipo 3 significa duas amostras de variância diferente (heteroscedástico).

Exemplo

=TESTET(A1:A50;B1:B50;2;2)

VAR

Estima a variância com base em uma amostra.

Sintaxe

VAR(Número 1[; Número 2 [; … [; Número 255]]])

Número 1; Número 2; … ;Número 255 são números, referências a células ou intervalos contendo números.

Os parâmetros devem especificar pelo menos dois valores.

note

Esta função ignora qualquer texto ou célula vazia num intervalo de dados. Se suspeitar de resultados errados desta função, procure por texto nos intervalos de dados. Para destacar o conteúdo do texto em um intervalo de dados, use o recurso destaque de valor .


Exemplo

=VAR(A1:A50)

VAR.P

Calcula a variância com base na população inteira.

Sintaxe

VAR.P(Número 1[; Número 2 [; … [; Número 255]]])

Número 1; Número 2; … ;Número 255 são números, referências a células ou intervalos contendo números.

Exemplo

=VAR.P(A1:A50)

Informação técnica

tip

Esta função está disponível desde o LibreOffice 4.2.


Esta função não faz parte do padrão Open Document Format for Office Applications (OpenDocument) Versão 1.3. Parte 4: Formato de Fórmula Recalculada (OpenFormula). O espaço de nomes é

COM.MICROSOFT.VAR.P

VAR.S

Estima a variância com base em uma amostra.

Sintaxe

VAR.S(Número 1[; Número 2 [; … [; Número 255]]])

Número 1; Número 2; … ;Número 255 são números, referências a células ou intervalos contendo números.

Os parâmetros devem especificar pelo menos dois valores.

Exemplo

=VAR.S(A1:A50)

Informação técnica

tip

Esta função está disponível desde o LibreOffice 4.2.


Esta função não faz parte do padrão Open Document Format for Office Applications (OpenDocument) Versão 1.3. Parte 4: Formato de Fórmula Recalculada (OpenFormula). O espaço de nomes é

COM.MICROSOFT.VAR.S

VARA

Estima uma variância com base em uma amostra. O valor do texto é 0.

Sintaxe

VARA(Número 1[; Número 2 [; … [; Número 255]]])

Número 1; Número 2; … ;Número 255 são números, referências a células ou intervalos contendo números.

Os parâmetros devem especificar pelo menos dois valores.

Exemplo

=VARA(A1:A50)

VARP

Calcula a variância com base na população inteira.

Sintaxe

VARP(Número 1[; Número 2 [; … [; Número 255]]])

Número 1; Número 2; … ;Número 255 são números, referências a células ou intervalos contendo números.

note

Esta função ignora qualquer texto ou célula vazia num intervalo de dados. Se suspeitar de resultados errados desta função, procure por texto nos intervalos de dados. Para destacar o conteúdo do texto em um intervalo de dados, use o recurso destaque de valor .


Exemplo

=VARP(A1:A50)

VARPA

Calcula a variância com base na população inteira. O valor de texto será 0.

Sintaxe

VARPA(Número 1[; Número 2 [; … [; Número 255]]])

Número 1; Número 2; … ;Número 255 são números, referências a células ou intervalos contendo números.

Exemplo

=VARPA(A1:A50)

WEIBULL

Retorna os valores da distribuição Weibull.

A distribuição de Weibull é uma distribuição de probabilidade contínua, com parâmetros Alfa >0 (forma) e Beta >0 (escala).

Se C for 0, WEIBULL calcula a função densidade de probabilidade.

Se C for 1, WEIBULL calcula a função distribuição acumulada.

Sintaxe

WEIBULL(Número; Alfa; Beta; C)

Número é o valor para calcular a distribuição de Weibull.

Alfa é o parâmetro de forma da distribuição de Weibull.

Beta é o parâmetro Beta da distribuição de Weibull.

C indica o tipo de função.

Exemplo

=WEIBULL(2;1;1;1) retorna 0,86.

Veja também a página Wiki.

♥ Doe para nosso projeto! ♥